9.3.07

Lisboa, ainda mais tarde












[Uma rapidinha com os Heróis do Mar; noite de poesia no Frágil (era quarta-feira); encontro na Rua do Alecrim (com algum apoio líquido das Caves Neto Costa - e vai um beijo para a Isabel); e António Forte (o homem sombra, o homem luz) em plena acção. Ao fim da noite, um automóvel com um retrovisor a menos - obrigado Lisboa!]

1 comentário:

Jorge Carvalho disse...

Só depois de ter visto o filme é que reconheci o indivíduo de cabelo grisalho, o grande Tozé Almeida, com uns quilinhos a mais, ficou irreconhecível :)
É bom rever os cinco soldados juntos de novo :)
Jorge Carvalho